A Conferência

Por Equipes dos Portais DSS Brasil e DSS Nordeste

20/05/13 | 14:05

A 1ª Conferência Regional sobre DSS (1ª CRDSS) acontece de 2 a 4 de setembro no Mar Hotel, no Recife, tendo como foco a região Nordeste. Como desdobramento da Conferência Mundial sobre DSS (CMDSS), que aconteceu no Rio de Janeiro em outubro de 2011, e na qual o Brasil teve forte protagonismo. Mais do que um espaço de discussões, a 1ª Conferência Regional sobre Determinantes Sociais da Saúde (1ª CRDSS) pretende ser um instrumento para a diminuição das iniquidades sociais no Nordeste. Para isso, a conferência contará com a participação de cerca de 400 convidados e representantes da sociedade civil, da comunidade acadêmica e do poder público. Com um número limitado de pessoas, especialmente vinculadas aos temas selecionados, pretende-se analisar os problemas e as soluções em curso e propor novas estratégias de enfrentamento.

Apesar de alguns estados da região Nordeste, como Pernambuco, estarem entre os que mais crescem no País, o déficit histórico ainda requer crescente investimento em educação e saúde e em políticas que reduzam as desigualdades, para proporcionar a melhoria dos indicadores relacionados à situação, aos serviços e às políticas de saúde. Ao lado desse panorama, possui instituições governamentais, da sociedade civil e da área acadêmica bastante atuantes, o que a coloca em posição privilegiada para receber esta primeira Conferência Regional.

Desta forma, o encontro pretende repercutir os temas mais relevantes sobre a determinação social na saúde no Nordeste e subsidiar a discussão de proposições e soluções para a redução das iniquidades na região e seus impactos na saúde pública. Água e saneamento, violência e drogas, segurança alimentar, inclusão produtiva, grandes projetos e acesso e qualidade dos serviços de saúde são os temas que devem guiar as discussões. Os assuntos foram sugeridos a partir das demandas da própria região.

A expectativa é que o esforço brasileiro de preparação e realização da CMDSS se materialize em políticas públicas setoriais e intersetoriais que permitam a implantação das suas recomendações. A ideia é que a conferência funcione como um instrumento de mudança, a partir da interação de diferentes forças e atores, agregando diferentes experiências e conhecimentos e desenvolvendo estratégias e ações que possam se concretizar como modificadoras da realidade e das condições de vida da população.

Além da Fiocruz – representada pelas suas unidades de Pernambuco e do Rio de Janeiro – , que coordena o evento, a conferência contará com a parceria do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), do Ministério da Saúde e do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). Todos estão trabalhando juntos para que a 1ª CRDSS seja um marco nas discussões sobre o tema e possa impulsionar e promover mudanças na realidade desigual do país.

 

Equipes dos Portais DSS Brasil e DSS Nordeste

Deixe um comentário