Notícias sobre Determinantes Sociais da Saúde

ciência e saúde coletiva

Desigualdades em saúde pautam edição da revista Ciência e Saúde Coletiva

Estilo De vida e desigualdade em saúde é o tema do volume 20, número 4 da revista Ciência e Saúde Coletiva. A publicação conta com a participação de autores da Escola Nacional de Saúde Pública e de outras instituições brasileiras, além de pesquisadores de vários países como Portugal, Espanha, México e Colômbia, que falam dos efeitos da desigualdade e da pobreza sobre a qualidade de vida; dos direitos humanos e da justiça social em saúde; da carga de doenças segundo condições de vida e relações de gênero; e de mortes por enfermidades e agravos evitáveis. Os artigos tratam tanto de enfermidades transmissíveis, como não transmissíveis e agravos que estão articulados às iniquidades sociais.

Por Informe/ENSP | 07/01/16 - 14:01 | [Leia Mais] |

Mesa de debates sobre experiências territorializadas/ Foto: Virginia Damas/CCI/ENSP/Fiocruz

Experiências territorializadas: mesa debateu modelos do Brasil e da América Latina

Produção social da saúde e da vida: experiências territorializadas foi um dos temas propostos para o Seminário Internacional Determinantes Sociais da Saúde, Intersetorialidade e Equidade Social na América Latina. Na perspectiva do tema, os palestrantes apresentaram experiências do Brasil, Chile e Colômbia. Ricardo Henriques, superintendente executivo do Instituto Unibanco e ex-secretário executivo do Ministério da Ação Social, Jaime Neira, da Universidade de la Frontera no Chile, e Mario Hernandez, da Universidade Nacional da Colômbia. A atividade foi moderada por Marco Akerman, que coordena o Centro de Estudo, Pesquisa e Documentação em Cidades Saudáveis (Cepedoc/USP) compuseram a mesa.

Por Tatiane Vargas | 03/12/15 - 15:12 | [Leia Mais] |

seminario_dss_hermano_castro

Especialistas debatem relação entre saúde e desenvolvimento territorial

Mesa moderada pela coordenadora de mestrados profissionais da Capes, Eduarda Cesse, do CPqAM/Fiocruz, contou com a participação do diretor da ENSP, Hermano Castro, do pesquisador da Fiocruz Bahia Maurício Barreto, do professor da Universidade de Contestado Valdir Dallabrida, das pesquisadoras do Ifakara Health Institute, da Tanzânia, Eveline Geubbel e Masuma Mandami, e do representante do Observatório de Territórios Saudáveis e Sustentáveis da Bocaina, Wagner do Nascimento. O encontro debateu questões como a omissão dos determinantes sociais da saúde nas políticas de saúde, o conceito de território, as invasões e danos no contexto territorial, além de apresentar experiências exitosas no âmbito da saúde internacional.

Por Tatiane Vargas/ Informe ENSP | 03/12/15 - 15:12 | [Leia Mais] | 1 Comentário »

mia.couto

“Somos feitos de histórias, assim como somos feitos de células”, defende Mia Couto

Diante de um público formado basicamente por pesquisadores e cientistas, o escritor moçambicano Mia Couto mostrou bom humor ao saudar o público presente à palestra de abertura do Seminário Internacional Determinantes Sociais da Saúde, Intersetorialidade e Equidade Social na América Latina. “Confesso estar completamente aterrorizado de vocês convidarem um poeta para fazer essa conferência. Foi ótimo eu ser apresentado como escritor, mas também como biólogo. Digo isso, pois também sou uma pessoa séria, não apenas escritor”. Embalado pelos risos de uma plateia encantada, o autor expôs que seu intuito ali era mostrar a existência de mundos diversos que pensam a saúde e a doença e a vida e a morte de uma maneira absolutamente plural.

Por Tatiane Vargas/ Informe ENSP | 24/11/15 - 16:11 | [Leia Mais] | 1 Comentário »

Patrícia Tavares Ribeiro fala durante a abertura do evento/ Foto: Virgínia Damas/ENSP

Seminário reforça movimento universal pela equidade em saúde

O Centro de Estudos, Políticas e Informação sobre os Determinantes Sociais da Saúde (CEPI-DSS/ENSP), visando aprofundar o debate sobre os DSS, reuniu pesquisadores, professores e alunos da Fiocruz e de instituições nacionais e internacionais para o Seminário Internacional Determinantes Sociais da Saúde, Intersetorialidade e Equidade Social na América Latina. O evento, realizado entre os dias 16 e18 de novembro, foi pensado como uma forma de responder às perguntas: por que e para que se estudam determinantes sociais da saúde hoje? Segundo a Coordenadora do Cepi-DDS, Patrícia Tavares, o Brasil é um cenário privilegiado para esse debate, principalmente em razão de sua longa tradição de compromisso com a equidade em saúde, afirmada na Constituição de 1988, que definiu os princípios e diretrizes para a organização do Sistema Único de Saúde.

Por Tatiane Vargas/ Informe ENSP | 23/11/15 - 21:11 | [Leia Mais] |

Patrícia Ribeiro, Luiz Augusto Galvão e Isabel Senra no encerramento do evento/ Foto:  Raquel Portugal / Multimeios - ICICT

Encerrados na tarde de hoje debates de Seminário Internacional

Iniciada na manhã de hoje, a mesa Ação Intersetorial, saúde e equidade social: contextualização das agendas DSS, STP e ODS encerrou o Seminário Internacional Determinantes Sociais da Saúde, Intersetorialidade e Equidade Social na América Latina​. A mesa teve participação da coordenadora do CEPI DSS/ENSP e organizadora do evento, Patrícia Tavares Ribeiro, Luiz Augusto Galvão, da OPAS Washington, Orielle Sollar, da FLACSO Chile e Nelly Salgado, do INSP México, com moderação de Isabel Senra da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde. Após as exposições dos componentes da mesa foi aberta uma ampla sessão de perguntas. Aguarde a cobertura completa do evento a ser publicada neste portal.

Por Jaqueline Pimentel | 18/11/15 - 15:11 | [Leia Mais] |

Mia Couto ao lado de Patrícia Ribeiro, Coordenadora do CEPI DSS/ENSP e organizadora do evento

Conferência de abertura do Seminário Internacional contou com a presença de Mia Couto

“Para ti criei todas as palavras e todas me faltaram”, o trecho do poema Para ti, de Mia Couto, fez um sentido especial para os admiradores que se identificam com as palavras e ideias do autor e estiveram presentes nesta segunda-feira (16), no auditório do Museu da Vida, na Fiocruz Rio de Janeiro. O escritor, biólogo e jornalista, reconhecido por sua sensibilidade e carisma mostrou simplicidade e proximidade com os participantes do evento. Os relatos dos presentes foram de uma admiração agora mais indescritível. Mia Couto falou pela manhã, tendo sido precedido pela mesa de abertura do Seminário. O público teve voz e pode fazer perguntas sobre questões ambientais, violência e responsabilidade na gestão, qualificando um debate plural, com sensibilidade e consistência. Diálogos do Seminário prosseguiram à tarde.

Por Jaqueline Pimentel | 17/11/15 - 20:11 | [Leia Mais] |