Posts marcados como " Acesso aos serviços de saúde "

indice

Índice mostra a vulnerabilidade dos jovens à violência no Brasil

O estudo é resultado de uma parceria entre a Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) da Presidência da República e da Representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO no Brasil), com apoio técnico do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. As estatísticas apresentadas pelo Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência 2017 serão utilizadas para embasar o Novo Plano Juventude Viva, da Secretaria Nacional de Juventude, com ações de inclusão social e autonomia para os jovens de 15 a 29 anos expostos às situações de violência nos municípios de maior vulnerabilidade para a juventude, com foco prioritário na população negra.

Por UNESCO Brasil | 11/12/17 - 14:12 | [Leia Mais] |

Estão abertas as inscrições para o Seminário Internacional: “Políticas e Sistemas de Saúde na América Latina”

O Seminário contará com a presença de convidados internacionais de universidades da Argentina (Maria José Luzuriaga – Universidad Nacional de Lanús) Colômbia (Mónica Uribe-Gómez – Universidad Nacional de Colombia) e […]

Por Proex-Capes (Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Saúde Pública - Ensp/Fiocruz) | 30/11/17 - 12:11 | [Leia Mais] |

OMS lança novo manual com objetivo de fortalecer sistemas de saúde para responder melhor às mulheres sobreviventes de violência

A violência contra as mulheres é um grande problema de saúde pública, uma questão de desigualdade de gênero e uma grave violação aos direitos humanos. Inclui violência física, sexual e psicológica por parte do parceiro e também violência sexual por parte de não parceiros. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que uma em cada três mulheres em todo o mundo já sofreu violência física e/ou sexual, cometida principalmente pelo parceiro. A violência prejudica a saúde das mulheres de várias formas e provoca consequências imediatas e de longo prazo que podem ser óbvias ou veladas.

Por OPAS/OMS Brasil | 28/11/17 - 16:11 | [Leia Mais] |

Sem título

Revista Trabalho, Educação e Saúde: desigualdade social em pauta

A nova edição da revista Trabalho, Educação e Saúde, revista científica editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fiocruz, traz artigos sobre a desigualdade social brasileira, a estratégia saúde da família e a formação de profissionais do setor saúde. A publicação tem periodicidade quadrimestral, com debates, análises e investigações, de caráter teórico ou aplicado, sobre temas relacionados à educação no campo da saúde. O público-alvo de Trabalho, Educação e Saúde é formado por pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação, profissionais vinculados aos serviços de saúde, e docentes e gestores do campo da educação profissional em saúde.

Por Portal Fiocruz | 13/11/17 - 14:11 | [Leia Mais] |

tuber

Relatório da OMS indica necessidade urgente de maior compromisso político para acabar com a tuberculose

Os esforços globais para combater a tuberculose pouparam cerca de 53 milhões de vidas desde 2000 e reduziram a taxa de mortalidade pela doença em 37%, de acordo com o Global TB Report 2017, divulgado nesta segunda-feira (30) pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Apesar dessas conquistas, o último cenário é sombrio. A tuberculose continuou a ser a principal assassina infecciosa em 2016. Também é a principal causa de mortes relacionadas à resistência antimicrobiana e entre pessoas com HIV. O progresso na maioria dos países está paralisado e não é rápido o suficiente para atingir as metas globais ou preencher as lacunas persistentes nos cuidados e prevenção da doença.

Por OPAS/OMS Brasil | 31/10/17 - 13:10 | [Leia Mais] |

di

Inscrições abertas para curso de atualização em Justiça Ambiental, ocupação do espaço, determinantes sociais e saúde

O Departamento de Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural (Dihs/ENSP) está com inscrições abertas para o Curso de Atualização Justiça Ambiental, ocupação do espaço, determinantes sociais e saúde. O objetivo do curso é propiciar ao aluno conhecimentos na área ambiental vinculando-o ao direito à saúde, além de disponibilizar conhecimentos sobre a legislação ambiental e sua interface com a legislação sanitária e fornecer noções básicas sobre Educação Ambiental, evidenciando sua importância, princípios, objetivos e estratégias para a execução das ações do agente de saúde pública. Os interessados devem se inscrever através do e-mail dihs@ensp.fiocruz.br, no horário das 8 às 17 horas. Ao todo 50 vagas estão disponíveis, o curso é gratuito e com direito a certificado de conclusão, que será obtido pelo estudante mediante 75% de presença no curso.

Por Informe Ensp | 25/10/17 - 14:10 | [Leia Mais] |

ag

Agenda 2030: desafios da água, do saneamento e do direito à cidade

Até 2030, o planeta Terra enfrentará um déficit de 40% no abastecimento de água. A previsão da Organização das Nações Unidas (ONU) alerta para a dimensão dos desafios a serem enfrentados pelos 193 países signatários da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que propõe como uma de suas metas o acesso universal e equitativo a água potável e segura para todos. O Brasil não escapa desta realidade e, de acordo com pesquisa da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), só universalizará o acesso à água potável em 2043 – o que coloca o país bem longe do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável nº 6 (ODS 6): “assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas e todos”.

Por Natanael Damasceno | 24/10/17 - 13:10 | [Leia Mais] |