Posts marcados como " Desigualdades em Saúde "

Foto: Vinícius Marinho/Fiocruz Imagens

Diabetes é responsável por 43 amputações diárias no Brasil

O Brasil registra a marca de 43 amputações de membros inferiores por dia, decorrentes de complicações da doença. Os dados, do Ministério da Saúde, se referem à soma de 10.546 amputações feitas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) entre janeiro e agosto deste ano, ao custo de R$ 12,3 milhões. No mesmo período do ano passado, foram realizadas pelo SUS 10.019 amputações de membros inferiores em decorrência do diabetes, que custaram R$ 11,6 milhões. O crescimento no número de procedimentos em 2020 foi de 5,26%. A Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) alerta que o principal motivo que leva a essas amputações é a falta de cuidados com a doença, a causa mais comum para amputações de pés e pernas, com cerca de 60%.

Por Akemi Nitahara/Agência Brasil | 14/11/20 - 04:11 | [Leia Mais] |

tuberculose_global_20201

Novo relatório da OMS sobre a tuberculose alerta sobre os efeitos da Covid-19

Em 2019, aproximadamente 1,4 milhão de pessoas morreram devido à tuberculose, a doença infecciosa que mais matou em todo o mundo e, cerca de 10 milhões de pessoas desenvolveram a doença naquele ano, porém, cerca de 3 milhões não foram diagnosticadas ou não foram oficialmente notificadas às autoridades nacionais, de acordo com a OMS. A situação é ainda mais preocupante para pessoas com tuberculose resistente a medicamentos. A OMS estimou cerca de 465 mil pessoas foram recentemente diagnosticadas com TB resistente aos medicamentos em 2019 e, destas, mais de 60% não conseguiram obter acesso ao tratamento.

Por Informe Ensp | 12/11/20 - 15:11 | [Leia Mais] |

água

Gestão comunitária da água cria alternativas para o saneamento rural

As políticas públicas implementadas em apoio ao modelo de Organizações Comunitárias de Serviços de Água e Saneamento (OCSAS) resultaram em avanços no saneamento básico em comunidades rurais do país. A conclusão é apresentada no estudo Soluções e Dificuldades do Saneamento Rural no Brasil, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A partir da análise de dados coletados pelo IBGE, pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e pesquisa de campo, entre 2018 e 2019, o trabalho apresenta alternativas no abastecimento de água e esgotamento sanitário que devem beneficiar, nos próximos anos, cerca de 17 milhões de pessoas que habitam em áreas rurais.

Por Ipea | 28/10/20 - 17:10 | [Leia Mais] | 2 Comentários »

image560x340cropped

América Latina e Caribe precisam crescer 4% ao ano para eliminar pobreza

Novo relatório da Cepal, a Comissão Econômica para a região, pede ação urgente para responder a crise causada pela Covid-19 e resolver problemas estruturais; 38º encontro anual da Comissão termina esta quarta-feira. A economia da América Latina e do Caribe precisa crescer pelo menos 4% ao ano e realizar uma forte redistribuição de renda, cerca de 3% do PIB anual, para eliminar a pobreza até 2030. Esta é uma das conclusões do estudo “Construindo um Novo Futuro: Recuperação Transformativa com Igualdade e Sustentabilidade” da Comissão Econômica para América Latina e Caribe, Cepal.

Por ONU News | 28/10/20 - 16:10 | [Leia Mais] |

Dimensões sanitárias, políticas, sociais e econômicas da pandemia na América Latina

Por Equipe Editorial do portal DSS Brasil | 26/10/20 - 15:10 | [Leia Mais] | 4 Comentários »

Diplomacia da Saúde: mais necessária que nunca

O Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz) realiza, na próxima quinta-feira (22/10), mais um de seus Seminários Avançados em Saúde Global e Diplomacia da Saúde – José Roberto Ferreira. […]

Por Equipe Editorial do portal DSS Brasil | 16/10/20 - 14:10 | [Leia Mais] |

Progresso global no combate à tuberculose está em risco, afirma OMS

Antes da pandemia de COVID-19, muitos países estavam observando constantes progressos no combate à tuberculose (TB), com uma redução de 9% na incidência observada entre 2015 e 2019 e uma queda de 14% nas mortes pela doença no mesmo período. Compromissos políticos globais de alto nível estavam produzindo resultados. No entanto, um novo relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) revela que o acesso aos serviços de TB continua a ser um desafio e que as metas globais de prevenção e tratamento provavelmente serão perdidas sem ações e investimentos urgentes.

Por OPAS Brasil | 15/10/20 - 12:10 | [Leia Mais] |