Destaques

radis

Vulnerabilidade para além da caridade

Por Adriano De Lavor - Radis

23/06/16 | 17:06

As questões ligadas à saúde da população em situação de rua são muito mais complexas do que é possível ver nas praças e calçadas dos centros urbanos. Para começar, estas pessoas vivem em condição de vulnerabilidade, reforçada pela desigualdade de acesso aos direitos fundamentais e pelo estigma que acompanha sua condição. “O reconhecimento dessas pessoas como cidadãos de direitos é recente e ainda não é acolhido na sociedade”, adverte o texto da cartilha Saúde da População em Situação de Rua: um direito humano, lançada em 2015 pelo Ministério da Saúde. O material educativo, destinado a sensibilizar gestores e profissionais de saúde, reforça que até 2009, ano em que foi aprovada Política Nacional para a População em Situação de Rua, as ações do Estado e da sociedade civil destinadas a este público se baseavam em uma ótica assistencialista e higienista, sem levar em consideração suas especificidades e a importância da participação social na efetivação dos direitos e da cidadania.

[Leia Mais] |

Vera

Cidadania, participação social e desenvolvimento territorial

Entrevista com Vera Schattan Coelho por Brasil Saúde Amanhã

15/06/16 | 17:06

Maior participação dos cidadãos na vida pública, circulação mais intensa de informações, transparência do processo político, intensificação do debate público. Para a pesquisadora Vera Schattan Coelho, coordenadora do Núcleo de Cidadania, Saúde e Desenvolvimento do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), este caminho deve contribuir para o desenvolvimento territorial e a melhoria das condições de vida da população. Nesta entrevista, a pesquisadora da Universidade Federal do ABC analisa os processos de controle social no Sistema Único de Saúde (SUS) e discute suas implicações para o desenvolvimento territorial. Vera destaca que a participação social alcança melhores resultados quando integra sociedade civil mobilizada, gestores comprometidos com o projeto participativo e instituições que facilitam a comunicação entre os participantes.

[Leia Mais] |

Brasil Debate

Bolsa Família: um direito humano ao qual não se admite retrocessos

Por Iara Azevedo Vitelli Viana - Brasil Debate

09/06/16 | 15:06

No atual momento de instabilidade política, têm sido frequentes as discussões sobre o papel do Programa Bolsa Família (PBF) no Brasil. São poucas, no entanto, as discussões que inserem essa política em um cenário de componente da seguridade social, vista efetivamente como direito, para além de um instituto que simplesmente favorece o desenvolvimento social e econômico. É indiscutível que a segurança de renda é fundamental para a promoção do desenvolvimento econômico, estimulando a demanda agregada e atuando como estabilizadora social em momentos de crise. Ela atua, ainda, de modo crucial no desenvolvimento social, pois promove igualdade de oportunidades, contribuindo para a redução da pobreza e da desigualdade.

[Leia Mais] |